Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Gato de Schrödinger

Aplicando-se o formalismo quântico, o gato estaria por sua vez combinando 50% de "gato vivo" e 50% de "gato morto", correspondendo a dois estados indistinguíveis!

O Gato de Schrödinger

Aplicando-se o formalismo quântico, o gato estaria por sua vez combinando 50% de "gato vivo" e 50% de "gato morto", correspondendo a dois estados indistinguíveis!

A arte da ciência

    Por tradição, arte e ciência não costumam andar de mãos dadas, e não raras as vezes chocam entre si. Curiosamente, nos últimos tempos, váriis cenários foram criados para demonstrar que são efectivamente compatíveis. Lembro-me de no secondário, no antigo curso de Química do Colégio dos Carvalhos, durante a exposição anual, expor-mos parte das rotinas que realizavamos de forma actractiva. Frascos com líquidos coloridos, liquidos que misturados mudavam de cor, e aquele que me deu mais gozo, um jardim químico, que consistia num enorme recipiente com silicato de sódio, onde se depositavam pepitas de compostos sólidos como sulfato de sódio, ou cloreto de cobalto.

 

    Pois bem, na ciência mais avançada, onde os computadores imperam, há igualmente resultados que são belas obras de arte, e a Universidade de Princeton, nos States, organiza anualmente um concurso com as melhores imagens provenientes da ciência. A vencedora deste ano é a seguinte:

 

 

 

 

      A imagem descreve o movimento de ventos constantes no tempo de acordo com a orientação. A azul os ventos de este - oeste, e a vermelho de oeste - este. Vale a pena clicar na imagem e dar um salto á página onde descreve um pouco mais a origem e explicação da imagem.

 

 

    Apesar de achar a imagem interessante, a minha favorita é esta: